Palavras por Imagens na Noite Desperta

Palavras por Imagens na Noite Desperta

Ainda despertando às 4 da manhã todos os dias. Cansada todos os dias. Vendo metáforas em tudo novamente.
Uma das características marcantes do meu processo de pensamento é minha compulsão incontrolável de fazer tudo se relacionar com outra coisa.
Tudo que eu vejo ou ouço ou penso é muito maior em importância, em minha concepção, do que ela realmente seria. Tudo está conectado por teias, mais finas e mais leves que o próprio ar, ainda que a nível celular seja mais forte que o ferro, conectado à inúmeras outras coisas, que também estão conectadas a outras coisas ainda. Essa obsessão involuntária por “associações” rapidamente me gira e me tira de meus trilhos.
E tão rapidamente, tão instantaneamente, aquelas palavras simples perdem sentido e não mais conseguem me acompanhar. Assim, automaticamente, meu cérebro muda suas engrenagens, trocando palavras por imagens e assim continua incessantemente, embora agora esteja completamente mergulho em metáforas.
Em minha mente, vejo uma imagem que rapidamente se transforma, atrás de meus olhos, em outra imagem, e esta ainda em outra e de novo para outra imagem.
E é assim que uma pessoa com qualquer distúrbio mental se torna uma criança com gêmeo parasita, se transforma em um Plague Rat, se torna um atirador disparando contra John Kennedy, se torna a sombra que lhe segue durante toda sua existência. E tudo isso apenas em imagens, pois palavras são lentas demais… E se eu tentar pausá-las, as palavras ainda estarão lá, esperando, alinhadas em um canto, em suas ordens corretas, e até com suas legendas correspondentes à cada imagem.
Mas palavras não são necessárias. Todo o Mundo existe sem elas.
Deve haver algum nome para este tipo de cérebro que deve realizar metáforas para tudo, que vê imagens em cada palavra, palavras em cada imagem, palavras em cada palavra… Ou talvez isso nem seja tão importante ou especial para ganhar um nome. Talvez isso seja simplesmente chamado de “estar acordado”.

 

Apenas uma carcaça vazia movida a engrenagens desconexas, que busca alívio nas palavras vãs de um desabafo doloroso.

2 thoughts on “Palavras por Imagens na Noite Desperta”

  1. Wow… Profundo… Perturbador ^^’ Principalmente quando se identifica com alguns trechos… Muito bom mesmo! ^^ Esperando novos posts!