Desabafo Vazio

Desabafo Vazio

E então me pego aqui, no vazio meu quarto, ouvindo o eco de meu pulsar.
Cada batida ressoa alto, assustadoramente, me relembrando de algo que eu não queria saber, que ainda estou viva…
Dias após dia eu sobrevivo na esperando de um não-acordar que nunca chega e, aos poucos, vou perdendo o resto de esperança que ainda me resta.
Lógico que tenho medo do que pode me esperar depois dessa curva final, se é que realmente isso existe. Seria muito errado começar a desacreditar mais ainda em uma teoria religiosa para a pós morte? Eu sempre acreditei que a vida não pararia aqui, que havia algo depois mas, agora, gostaria que isso não existisse. Levar esse sofrimento para outra existência seria apenas espalhar uma praga contagiosa e mortal, que mata lentamente, definhando o coração de modo torturante e isso é algo que não posso desejar para ninguém mais.
E o pior de tudo isso é me sentir uma inútil, aqui sentada e escrevendo coisas que ninguém vai ler ou dar importância. Desabafando sobre coisas que você não tem coragem de falar cara a cara para ninguém, mas o anonimato virtual lhe dá essa chance.
E até onde esse sentimento de culpa por coisa que você não fez de errado é capaz de te levar? Será tão errado assim desabafar para alguém que você convive e então ver a pessoa lhe tratar como um monstro vil e maligno que só quer estragar a felicidade do outro?
Cada vez mais acredito que o melhor é usar uma máscara para a sociedade que lhe observa, fingindo não sentir ou pensar nada. Se fechar no seu mundo próprio e tentar buscar alivio num texto que ninguém vai lhe culpar.

 

Apenas uma carcaça vazia movida a engrenagens desconexas, que busca alívio nas palavras vãs de um desabafo doloroso.

4 thoughts on “Desabafo Vazio”

  1. “E até onde esse sentimento de culpa por coisa que você não fez de errado é capaz de te levar?”
    … Te leva pra onde você quer ir, afinal, ele usa as suas pernas pra chegar lá. Se você for quem manda nelas, não precisa caminhar sobre o caminho desse sentimento.
    Enfim, teu blog está aqui na minha lista de leituras que acompanho e hoje resolvi comentar. Pode servir como pode não servir de nada, mas tá aqui.